Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

A chegada do verão e a corrida pelo corpo perfeito nas academias

Foi dada a largada do projeto verão: você vai animado para a academia,

promete não desistir e treina com força total. Mas nada em exageros costuma ser bom e ultrapassar os limites do corpo pode causar lesões de alta gravidade.

 

Segundo ortopedista e traumatologista da Policlínica Centrodador.com, Adalberto Caveari, (também membro da Sociedade Brasileira e Internacional de Tratamento por Ondas de Choque), durante a atividade física, os tecidos musculares sofrem micro-traumas, pequenas lesões nos músculos que sofreram ação direta, e como resposta do próprio organismo, é gerado um processo inflamatório proporcional à intensidade exercida. Como consequência, edemas e dores, que posteriormente os tornam mais fortes (a hipertrofia muscular).

 

É indiscutível os benefícios dos exercícios físicos, mas vale um alerta quanto aos exageros:  “se você retorna com muito ímpeto, muito provável ter dores musculares que podem ser leves, médias (requerendo um intervalo de 2 ou 3 dias para alívio) e de grave intensidade (que é quando o médico ortopedista ou fisiatra deve ser procurado)”, explica Caveari.

 

No caso de medicações (se elas forem indispensáveis e receitadas), os analgésicos são os mais indicados que os anti-inflamatórios. Porém, um segundo e importante alerta: “existem evidências comprovadas que misturar o paracetamol com bebidas alcóolicas leva à morte”, afirma o médico, ressaltando que a melhor das escolhas é sempre a recuperação natural, com os devidos intervalos e os treinos praticados de forma gradual e progressiva. 

 

“Quando fazemos qualquer atividade física de alta intensidade, nosso corpo sente o efeito direto desse treino e estamos sujeitos a dois tipos de dores musculares: uma dor imediata, que pode até limitar o movimento, pois o músculo está fadigado; e a dor após a sessão de treino, conhecida como Dor Muscular de Início Tardio (DMIT), ou simplesmente, “dor do dia seguinte”, completa o especialista.

 

Sim ou não para os medicamentos no alívios das dores?

 

O ortopedista explica que quando se faz uso contínuo de medicamentos por conta destes traumas é o mesmo que inibir a contração – e fazendo disso um hábito, a ginástica acaba não fazendo o efeito que deveria.  O ideal é que a pessoa consiga vencer a dor naturalmente.

 

Algumas dicas do especialista são: fazer compressas com gelo sob a parte dolorida fazendo uma leve pressão, de duas a quatro vezes ao dia, com

duração entre 15 e 20 minutos; dar intervalos de um dia entre as malhações e especialmente observar os sinais que o corpo dá respeitando os limites para evitar acidentes graves.  

 

 

Um boom na economia. 

 

E Quando alguém decide adotar um estilo de vida mais saudável, não são beneficiadas apenas as academias. Diversos negócios saem ganhando, como os de nutrição esportiva (suplementos), tecnologia (monitores de condicionamento), moda (roupas e tênis para malhar) e até beleza (cosméticos específicos para esportistas). Segundo a Revista Exame, hoje a indústria de atividades físicas movimenta 2,1 bilhões de dólares no Brasil, sendo a maior da América Latina e a terceira das Américas.

 

Segundo a personal trainer, Julyane Oliveira, durante o final da primavera e início do verão seguindo até o carnaval, o fluxo de alunos aumenta em torno de 30% a 40%, devido a busca rápida de um corpo mais harmônico para aproveitar o verão, principalmente na cidade do Rio de Janeiro. As atividades mais procuradas são o Cross training, treino funcional, as aulas de abdômen e musculação. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

©  2018 por Policlínica Centro da Dor

Rua Gavião Peixoto, 340 -loja. Icaraí - Niterói RJ

Tel: 021-2710-5767 e 2610-3338

Rua Nestor Pinto Alves, 131 - 3° Andar - Alcântara-São Gonçalo 

Tel: 021-3708-2289 e 98867-6149

  • White Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon